top of page

O que fazer com seu dinheiro, agora que o juros subiu?

O Copom do Banco Central, elevou a taxa básica de juros de 2,75% ao ano para 3,50% ao ano. A expectativa do mercado é que o juro básico chegue a 5,5% ao fim do ano e a inflação (IPCA) a 5%.


Isso gera uma grande influência em todos os investimentos, em especial nos papéis prefixados e atrelados à inflação. Já os títulos pós-fixados, que tinham perdido atratividade quando o juros estava mais baixo, voltam a ficar interessantes.


Em ciclos de alta de juros os ativos pós-fixados são os mais beneficiados. Os títulos pós-fixados podem servir tanto para os prazos mais curtos, como a reserva de emergência.


O momento é bom para aplicar em CDBs de bancos pequenos e médios, com taxas que podem chegar a 150% do CDI para 2 anos. Há CDBs prefixados de 2 anos pagando 9,78% ao ano e de 4 anos pagando 11%. Entre os pós-fixados, há um de um ano com taxa de 141,50% do CDI e outro de 4 anos a 142%.


Escolha.


É seguro? Sim. Enquanto os títulos do Tesouro Direto têm risco mínimo pois são emitidos pelo Governo, os CDBs, LCIs e LCAs têm a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (até R$ 250 mil por CPF e instituição financeira).

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Por que é tão difícil poupar?

POR QUÊ É TÃO DIFÍCIL POUPAR? · “Estou muito endividado para pensar nisso” · “Nunca sobra nada” · “Eu mereço” · “No futuro eu resolvo” · “Agora é tarde para começar” Você se enquadra em algum destes?

Você é um consumista?

Você já parou para pensar: que tipo de pessoa eu sou em relação as compras, disciplinado; muito disciplinado; sem controle; gastos além de comida, remédios e residência? Você já se arrependeu de algum

Consumismo

Gerenciar seus gastos por meio de um excelente planejamento, são pontos cruciais para o sucesso. Também é importante que você avalie os resultados obtidos tendo em vista suas metas e objetivos estipul

bottom of page