top of page

Educação financeira, o que é?

Educação é “o ato de educar, de instruir, é polidez, disciplinamento, competências e habilidades que capacitem os alunos a encararem de maneira eficaz seus problemas. Deve ser responsável pela formação de um pensamento crítico, ser responsável pela formação pessoal e humanista dos futuros cidadãos”.


A educação visa fazer com que o indivíduo aprenda, em determinadas condições de ensino, um conjunto de valores, conhecimentos, habilidades e atitudes para garantir o desenvolvimento e a sua socialização.


Muitas vezes, as pessoas trazem de casa, da família, hábitos e costumes e uma bagagem de conhecimento, sobre as questões financeiras, muitas vezes inadequada. Segundo dados da XP investimentos, 7 em cada 10 brasileiros são analfabetos financeiros. 69% não poupam e 56% não fazem nenhum planejamento, sobre as suas finanças.


Ou seja, uma falta de educação financeira.

O maior problema disso, é que não entender de finanças, nos faz correr risco de cair no descontrole financeiro e não conseguir conquistar seus sonhos no curto, médio e longo prazos.


Segundo especialistas em comportamentos sociais, o medo de olhar para os próprios números vem da falta de hábito. Estamos falando de comportamento. Os indivíduos devem e precisam desenvolver novos hábitos e costumes que façam os gastos se encaixarem no orçamento e, ainda, que permitam realizações de sonhos e objetivos. É preciso mudar o comportamento e adotar um novo estilo de vida.

Muitas vezes desconsiderada, na escola, esse conhecimento, mesmo que inicialmente incipiente, mostra-se importante para a construção da cidadania dos indivíduos, ou seja, sua formação, enquanto cidadãos.

A educação financeira é importante para todos os indivíduos, independente de sua idade ou classe de renda, já que melhora a relação com o dinheiro e serve para auxiliar a controlar os ganhos e os gastos racionalmente. Serve para ensinar os indivíduos a realizar um planejamento financeiro e um orçamento pessoal com qualidade e realista, possibilitando um maior controle do dinheiro.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Por que é tão difícil poupar?

POR QUÊ É TÃO DIFÍCIL POUPAR? · “Estou muito endividado para pensar nisso” · “Nunca sobra nada” · “Eu mereço” · “No futuro eu resolvo” · “Agora é tarde para começar” Você se enquadra em algum destes?

Você é um consumista?

Você já parou para pensar: que tipo de pessoa eu sou em relação as compras, disciplinado; muito disciplinado; sem controle; gastos além de comida, remédios e residência? Você já se arrependeu de algum

Consumismo

Gerenciar seus gastos por meio de um excelente planejamento, são pontos cruciais para o sucesso. Também é importante que você avalie os resultados obtidos tendo em vista suas metas e objetivos estipul

bottom of page